BALANÇO DA SEGUNDA RODADA DA COPA DO MUNDO 2018

Por Rafael Maciel

A segunda rodada nos brindou com jogos recheados de emoção, nervosismos e uma média maior de gols do que a primeira rodada.

Na primeira rodada foram marcados 38 gols em 16 partidas (2,38), já nesta segundada rodada, que encerrou após a goleada da Colômbia contra a Polônia, foram registrados 47 gols (2,94), o que representa um aumento de 24% na média de gols por partida.

Mas não foi somente no número de gols que esta rodada se destacou…

ANÁLISE DOS GOLS MARCADOS

Dos 85 gols marcados nesta Copa do Mundo, 51 (60%) foram marcados no 2º tempo.

Este número fica ainda mais surpreendente, quando separamos o jogo em 6 tempos de 15 minutos cada: o último sexto de jogo, ou seja, os últimos 15 minutos de jogo, foram os minutos com maior frequência de gols até o momento. 19 gols foram marcados nos instantes finais da partida (22% do total / 37% do segundo tempo). Ou seja, mais uma evidência que nos demonstra a carga emocional de uma Copa do Mundo (nos instantes finais das partidas, as equipes estão mais esgotadas fisicamente e dependem ainda mais da concentração para a tomada de decisão correta), nos últimos minutos ocorre a pressão das equipes que estão perdendo e precisam correr atrás do placar, qualquer desatenção da defesa, tem grandes chances de se tornar gol do adversário… e isso vem sendo bastante explorado nesta edição da Copa.

balanço 2 rdd

Além disso, a Bola Parada tem sido preponderante para os gols. Em 36 oportunidades, os gols marcados iniciaram em uma jogada de bola parada, representando incríveis 42% de todos os gols marcados na competição.

Podemos observar também que os gols marcados de fora da área estão aumentando em relação à edição de 2014. Em toda a Copa do Mundo no Brasil, foram 18 gols de fora da área (11%). Somente até esta 2º rodada, da Copa de 2018, já foram anotados 12 gols (14%).

O Cruzamento vem se destacando bastante nas jogadas dos gols marcados: 19 gols (22%).

ANÁLISE DAS ESTATÍSTICAS GERAIS

Dos 90 minutos estipulados para cada jogo, apenas 62% realmente são com “Bola Rolando” (56 minutos), ou seja, em 34 minutos (38%) o jogo está com “Bola Parada”.

As equipes estão cada vez mais velozes, tendo a média global de velocidade (excluindo os goleiros), de 28,1 km/h. Ou seja, além de percorrer em média 105 km por jogo, uma equipe atua em uma velocidade de 28 km/h… haja preparo físico.

resumocopa2

ANÁLISE DOS ÍNDICES DE DESEMPENHO

indices2

ANÁLISE DOS RESULTADOS

resultados

Pelo menos nesta Copa, as equipes aumentam consideravelmente as chances de ganhar se possuem mais posse, maior conversão de gols, mais finalizações certas, maior expectativa de gols e (por incrível que pareça) que efetua mais cruzamentos.

ANÁLISE ESTATÍSTICA DAS EQUIPES

estatisticas

Até o momento:

  • Espanha é a equipe que mais controla o jogo (Posse, Ações, Passes e Circulação da Bola);
  • Alemanha é a equipe que mais ocupa as zonas avançadas do campo (Profundidade Média e Passes no Terço Final);
  • Inglaterra é a equipe com Melhor Ataque (Gols Marcados, Precisão nas Finalizações e Aproveitamento das Finalizações).
  • Uruguai com a Melhor Defesa (Clean-Sheets e Fechamento de Espaços).
  • As equipes que mais aparecem no TOP-3 dos índices analisados, são Espanha, Inglaterra e Alemanha;

@rafaellomaciel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s