A coragem do mais fraco e o ímpeto do mais forte: ANÁLISE TÁTICA BÉLGICA 5 X 2 TUNÍSIA

Por Juan Carlos, Rafael Lima e Vitor Lima 

A Copa do mundo já foi disparado o supra sumo do futebol mundial. Atualmente divide esse posto com a Uefa Champions League, haja vista que nas 2 últimas copas o melhor jogador do mundo não foi de alguma equipe campeã ou vice. Porém a paixão que a Copa desperta é sem igual, o mundo assisti a quase todas as partidas, se interessa, “corneta” se emociona. Porém até aqui muitas partidas tensas, jogos amarrados, equipes que se contentam em perder de pouco, cedem poucos espaços e muitos gols em bola parada.

Bélgica x Tunísia foi na contramão desse script. Aos 25 minutos de jogo foram 10 finalizações (8 da Bélgica e 2 da Tunísia) e o placar estava 2×1 para os Belgas. Ao final do jogo um gratificante 5×2 para a Bélgica.

Diferente de outras partidas, a Bélgica pressionava mais o adversário no campo de ataque, sufocava os tunisianos. A estratégia é válida por dois motivos:

1° A equipe dá muitos espaços para o adversário trabalhar a bola em seu campo de defesa, Witsel e De Bruyne não conseguem pressionar o portador da bola adversário.

2° No jogo de estreia a Tunísia, conseguiu segurar o empate até os minutos finais contra a Inglaterra, controlando a posse de bola. A equipe trocava passes e mudava o lado da jogada, na ocasião faltou um pouco mais de verticalidade.

Assim os belgas tentaram pressionar a Tunísia, roubaram bolas no campo ofensivo, porém quando a Tunísia quebrava a 1° linha belga a transição defensiva da Bélgica foi eficiente (mesmo sem pressionar o portador da bola) porém o lado esquerdo da defesa com Carrasco é o mapa da mina, fecha mal a última linha, quase sempre está mal posicionado e tem uma abordagem de marcação bem deficiente, o 2° gol (e vários outras oportunidades) nasceram por ali.

belgica1Carrasco mal posicionado não consegue cortar o passe que resulta no gol da Tunísia.

mapa de calor

Se defensivamente a equipe precisa de ajustes, ofensivamente a equipe é um deleite, o volume belga é inacreditável ataca de forma equilibrada dos dois lados:

mapa medio

As jogadas sempre tem início com Witsel e Kevin De Bruyne que variam demais as jogadas com Carrasco e Meunier. As associações entre o quarteto Hazard-Witsel-De Bruyne-Mertens dão muito volume ao time. Assim como ocorreu na 1° partida esse volume, aliada a uma equipe que tem problema nas transição defensiva facilitou o trabalho da Bélgica.

Mesmo tecnicamente bem inferior a Tunísia foi pra cima da Bélgica, assim conseguiu ter a bola por mais tempo (51% Tun. 49% Bel.) trocou mais passes (452 com aproveitamento de 81%. Contra 442 com 84% de acertos) finalizando 16 vezes contra a meta do Courtois (5 no alvo) e fez dois gols. Whabi Kazri foi o destaque individual da equipe, foi o jogador que mais participou do jogo, acelerando e controlando nos momentos certos, e deu um assistência para gol. Dylan Bronn foi muito bem fez 2 gols e segurou bem a bola no ataque.

A partida foi divertida de assistir, rápida, aberta com boas oportunidades para a Tunísia, e um caminhão de oportunidades para a Bélgica (Batshuayi que o diga).

Claro que o componente tático tem que existir, partidas nervosas e tensas fazem parte do contexto. Bélgas e tunisianos mostraram que quem acordou cedo pra assistir ao jogo não se arrependeu. Pensando mais pra frente na Copa do Mundo, a cada rodada que passa parece claro que se houver um campeão “outsider” a Bélgica parece o candidato mais provável. Porém é incrível como a equipe comete os mesmos erros jogo após jogo e o técnico Roberto Matinez parece alheio a esse aspecto.

Hazard parece que está ganhando confiança a cada jogo, foi o Man of the Match, sofreu pênalti, fez gols (2) deu dribles, e se deslocou por todo o campo ofensivo.

hazard

Já De Bruyne parece não se sentir muito confortável jogando tão distante do gol. O craque vem fazendo bem seu papel, mas um jogador desse quilate ficar tão distante do gol (não finalizou nenhuma vez na partida) parece um desperdício.

A Tunísia fez uma partida agradável de se ver contra Inglaterra e Bélgica, a expectativa é de mais uma partida alegre e agradável de se ver contra Panamá.

A Bélgica terá seu 1° grande desafio nessa Copa, o English Team, será uma partida mais tensa, com menos espaços, e que vai exigir mais de seus principais atletas.

A corajosa Tunísia.

Por Vitor Lima.

Na Copa do físico, das defesas intransponíveis, das equipes mais fracas com 11 atrás da linha da bola, a Tunísia tenta ser diferente, porém, esbarra em suas próprias limitações, as quais são muito notáveis.

A equipe tenta construir seu jogo por baixo, com a bola controlada, porém, ao menor sinal de pressão adversária, tende à errar e muito. Contra a Bélgica, outro problema apareceu, a transição defensiva. Por vezes desorganizada e por outras inexistente, muitas vezes deixava espaço claro para Lukaku e companhia transitarem sem o mínimo de marcação.

tunisia vitor

tunisia vitor 2

mapa medio tuni

Mapa de posicionamento médio ao fim do jogo, detalhe para a falta de proteção do funil.

No momento ofensivo, quando não perdia a bola perto de sua área, a Tunísia dependia de seu principal jogador: Khazri.

Khazri cumpriu inúmeras funções no comando de ataque. Hora atacava a área, depois voltava até a base da jogada para armar, por vezes se colocou caindo pelas pontas.

Sem dúvidas, é o dono do time.

tuni12

tuni34

A Tunísia ainda tem o último jogo contra Panamá, podendo assim pontuar nesse mundial, porém, desde já, sabe que voltara para casa com a certeza de que foi fiel à suas convicções, de jogo apoiado, curto e de alta intensidade.

Que as ideias se mantenham, quem sabe assim um dia teremos uma “boa geração da Tunísia”?

@10Juancarlitos, @Rafjoga101983 e @VitorLima_cfc

Anúncios

Um comentário sobre “A coragem do mais fraco e o ímpeto do mais forte: ANÁLISE TÁTICA BÉLGICA 5 X 2 TUNÍSIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s