POUCA CRIATIVIDADE RESULTA EM ATUAÇÃO RUIM – Análise Tática de Botafogo 1 x 1 Audax Italiano – Copa Sul-Americana

Por Sergio Santana

O Botafogo conquistou a vaga para a próxima fase da Copa Sul-Americana, mas a atuação traz um sinal de alerta para os comandados de Alberto Valentim. Após vencer no Chile, o empate por 1 a 1 diante do Audax Italiano no Estádio Nilton Santos foi suficiente para assegurar a classificação, mas trouxe à tona um desempenho bem ruim da equipe de General Severiano.

Apesar disso, o alvinegro poderia ter saído de campo com um placar bem mais confortável, mas Rodrigo Pimpão, Matheus Fernandes, que marcou seu primeiro gol como profissional e continua em uma evolução exponencial, e Kieza desperdiçaram chances sozinhos, estando apenas no mano a mano com o goleiro Peric. Com exceção desses lances – e uma bola na trave de Brenner –, o Botafogo passou longe de criar uma chance real de gol, apesar de ter controlado a posse da bola.

Controle da bola desde o momento defensivo

Diante de um adversário limitado tecnicamente, o Botafogo controlou, na maior parte do tempo, a bola. Nesse contexto, uma mudança de esquema foi fundamental: o usual 4-1-4-1 dava lugar a um 3-4-3, tendo Rodrigo Lindoso recuando para participar da linha de defesa ao lado de Igor Rabello e Joel Carli e os laterais Gilson e Marcinho avançando para oferecer amplitude e tentar conquistar espaço no campo adversário.

bota 1Momento que exemplifica perfeitamente: Lindoso recua para ajudar na saída de bola, enquanto que os laterais se tornam alas (Foto: Reprodução – Arte: Ícaro Caldas)

Rodrigo Lindoso, mais uma vez, teve uma atuação positiva, sendo muito importante para esse contexto de controle do jogo e de mudanças táticas dentro da própria partida. Sendo um dos destaques do jogo, ele contribuiu com 53 passes certos (88% de aproveitamento), sendo um desses decisivo, 10 lançamentos certos (aproximadamente 94% de acerto), 7 duelos vencidos, 3 interceptações e 3 desarmes.

A confirmação de Matheus Fernandes

O jovem continua vivendo grande fase e teve mais uma boa atuação com a camisa do Botafogo neste ano. Na temporada, é, sem dúvidas, um dos jogadores mais importantes desde que Alberto Valentim chegou, já que consegue cobrir espaços e dar combate aos adversários com muita qualidade. Contra o Audax, o volante foi recompensado, após 55 partidas, com seu primeiro gol na categoria profissional, com um lindo chute de média distância.

bota 2Figurinha repetida: o usual 4-1-4-1 do Botafogo de Alberto Valentim. Desta vez, com Matheus Fernandes – o nome do jogo – se adiantando para diminuir o espaço para o jogador adversário (Foto: Reprodução – Arte: Ícaro Caldas)

Enfrentando um interessante duelo com Luis Cabrera, volante que fez o gol da equipe chilena, Matheus Fernandes se impôs mais uma vez. Apesar de ter tocado na bola e, consequentemente, ter dado menos passes do que o usual, o atleta alvinegro foi importante taticamente, tendo contribuído com 3 duelos vencidos, 2 interceptações e um desarme e um drible com sucesso.

Por outro lado, Renatinho, outro membro do meio-campo do Botafogo, não teve uma boa performance, o que ajuda a exemplificar o jogo pouco criativo do alvinegro. Apesar de estar jogando na mesma linha de Matheus Fernandes, o atleta ex-Paraná é o centro de criação da equipe, ajudando no último passe e na dinamização do jogo. Mesmo com o bom aproveitamento nos passes (84%), o meia perdeu cinco bolas.

Na etapa inicial, os chilenos estavam praticamente pensando apenas em se defender, o que dificultou o jogo do Botafogo ainda mais, já que a equipe da casa passou por uma noite sem muita criatividade. Nesse período, o lado direito, assim como na partida contra o Grêmio, pelo Brasileirão, se destacou: Luiz Fernando, retornando ao time titular após lesão, levou a melhor em seu duelo particular com Crovetto, lateral-esquerdo adversário, em algumas oportunidades, se conectando com Matheus e Marcinho. Apesar disso, os primeiros 45 minutos não geraram nenhuma chance real de gol ao Botafogo.

No segundo tempo, a equipe chilena se lançou mais ao ataque, mas o Botafogo conseguiu controlar o jogo mesmo assim, evitando uma possível pressão por parte da equipe rival. Neste contexto, porém, muitos espaços surgiram, mas o alvinegro não soube aproveitar, já que Kieza, Rodrigo Pimpão e Matheus Fernandes desperdiçaram chances incríveis estando à frente do goleiro do Audax.

Pressão alta

bota 3Movimentação dos jogadores do Botafogo no campo adversário em uma tentativa de saída de bola do Audax (Foto: Reprodução – Arte: Ícaro Caldas)

A pressão na saída de bola adversária se tornou o grande ícone do Botafogo de Alberto Valentim. É o movimento que todos os jogos aprimoram jogo após jogo e, consequentemente, fazem cada vez melhor. Na imagem, é possível ver seis jogadores no campo de ataque e cinco deles cobrindo possíveis opções de passe do detentor da bola, o resulta na necessidade da equipe rival se livrar da bola por meio de um lançamento sob pressão ou um chutão para as laterais do campo.

A conta

Como citado anteriormente, o Botafogo poderia ter saído, sem mais problemas, com um placar ‘elástico’ de campo. Não aproveitou três chances claras e viu o Audax diminuir no final, com um gol de Cabrera, trazendo à tona a possibilidade real de uma realização de cobranças de pênaltis, já que a equipe chilena esboçou uma tentativa de pressão nos minutos após o tento.

No geral, a atuação foi abaixo daquilo que o Botafogo vinha apresentando. Diante de uma equipe de um nível técnico baixo, o número de chances criadas foi praticamente nula, já que faltou conexão entre os jogadores de lado com os do meio, principalmente Renatinho, que, com um desempenho apagado, não ofereceu a versatilidade que o alvinegro precisava.

@sergiostn_

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s