O PRIMEIRO JOGO FORA DE CASA DE EDUARDO BAPTISTA – Análise tática: Oeste 1 x 1 Coritiba

 

Por André Frehse Ribas

Na sexta-feira, o Coritiba somou seu primeiro ponto fora de casa, contra o Oeste, em Barueri. A atuação não foi das melhores, muitos erros, mas já mostrou alguns pontos positivos. Hoje, vamos analisar e ver os erros e acertos do time do técnico Eduardo Baptista.

PRIMEIRO TEMPO

Em seu 4-2-3-1, o Coxa jogou com suas linhas médias, com Bruno Moraes centralizado, e Kady e Chiquinho abertos. O Alviverde procurava pressionar a saída de bola do Oeste e mostrou uma evolução em relação ao último jogo, mas ainda falta muito para ela ser perfeita. É um pressing ainda sem padrão, as vezes com ações individuais e não coletivas, que ainda busca a repetição para alcançar a perfeição nessa ação.

inicio

goleiro.jpg
Oeste usa o goleiro para apoiar na saída de bola.
N É BOA
Pressão não foi bem feita. Jogador do Oeste recebe livre a bola.

Nas suas ações ofensivas, o Coritiba encontrou dificuldades para superar a marcação do adversário. Como pode ver abaixo, o Oeste marcou por encaixe em algumas regiões do campo. No setor de meio-campo, os volantes do time paulista realizaram essa marcação no Jean Carlos e no Júlio Rusch. Pelos lados, o encaixe acontecia com os laterais na marcação dos extremos do Coxa. Kady e Chiquinho erraram muito, eles recebiam a pressão por trás e tinham problemas para trocar passes e se infiltrar, já que não são jogadores agudos.  Poucas combinações, erros técnicos e nenhuma criatividade no ataque. 

**  No segunto tempo, Eduardo colocou Guilherme Parede e Pablo, jogadores que são mais agudos e rápidos para fazerem a infiltração. 

Encaixe
                                                              Marcação por encaixe do Oeste.
ENCAIX 2
                                                       Jean Carlos e Chiquinho sofreram essa marcação.

Jean Carlos não fez um bom primeiro tempo. O meia, que é o cara que gira a bola, flutua e articula o jogo, cometeu muitos erros técnicos e de decisões, prejudicando o desempenho do time. E foi através desses erros que o time da casa chegava com perigo e se aproveitava para concluir ao gol de Wilson. 

Confira os números do meia:

mi.jpg

Erro de Jean Carlos:

 

Quando estava se defendendo, o Coritiba era compacto e muito organizado com duas linhas de quatro e com dois homens à frente, sem dar espaços ao time da casa, que só conseguia chegar quando o Coxa errava na sua saída de bola. A equipe já mostrou uma grande evolução no sistema defensivo, que não sofreu e foi muito seguro no primeiro tempo. 

COMPACT
                                  Linhas compactas. Note que o Coritiba procura diminuir o espaço do Oeste.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o Coritiba voltou com duas mudanças. Yan Sasse e Pablo entraram nos lugares de Jean Carlos e Kady.  A intenção era qualificar o passe no meio e ter um jogador mais agudo pelos lados, que conseguisse se infiltrar e criar triangulações. 

Mas, logo no primeiro minuto, o Alviverde levou o gol. Em cobrança de falta, Wallace subiu livre para cabecear e abrir o placar do jogo. Falha da marcação do Coritiba.  

Após o gol, Oeste não se fechou e continuou procurando o ataque e quase ampliou, mas parou  na boa atuação do goleiro Wilson, que novamente salvou o Coxa. 

O Coritiba melhorou com a entrada de Pablo e Yan Sasse, conseguindo criar algumas jogadas pelo lado-direito, mas ainda faltava caprichar no último passe para definir o lance.   Note, nos vídeos abaixo, como Pablo foi mais agudo e conseguiu superar a marcação por encaixe do time da casa. 

 

 

Abner sentiu, e Eduardo Baptista colocou Guilherme Parede no jogo. Com isso, Chiquinho foi para lateral–esquerda. Novamente o Alviverde ganhou um jogador agudo para entrar em velocidade, se infiltrar e incomodar pelo lado do campo. 

O Gol do Coritiba saiu aos 25 minutos. Júlio Rusch, que tinha sido discreto até aqui, deu um lindo passe-chave , e Guilherme Parede fez o movimento certo, na hora certa, para deixar tudo igual no placar. Passe, infiltração e o gol.

 

A principal arma do time da casa era a bola aérea, pois ganhava todas as subidas de cabeça. Roberto Cavalo notou isso e colocou um centroavante alto no segundo tempo. Além da bola aérea, o Oeste chegava nos erros de saída de bola do Coxa. E só não fez o segundo, pois Wilson fechou o gol mais uma vez. 

O jogo estava aberto, e o Coritiba tinha problemas no último terço do campo. Aos 40′, o Alviverde fez uma linda troca de passes e quase fez o segundo. Apesar de não ter vencido, a equipe mostrou uma melhora significativa no segundo tempo. Criou, tabelou, realizou triangulações e infiltrações, mas ainda falta caprichar no último toque.

Eduardo leu bem o jogo, fez as mudanças certas e conseguiu o empate. Ainda precisa encontrar algo que o time não tem: o equilíbrio. E isso é só com muito trabalho que irá alcançar. A equipe não foi bem e mostrou fragilidades na criação, na saída de bola e problemas na bola área. Melhorou, mas ainda falta muito para  lutar pelo seu objetivo: o acesso. 

DE OLHO

Bruno Moraes chegou para ser o homem gol, mas ainda não mostrou seu potencial. Sinto uma falta de confiança do jogador, que pode ter sentido a pressão e tomou algumas decisões erradas por insegurança. No primeiro tempo, ele teve uma oportunidade de entrar na área e arriscar o chute, mas preferiu o passe. Eduardo precisa dar confiança e segurança ao atleta. É importante seguir acreditando e dando oportunidade ao atacante.

Agora, o Alviverde tem pela frente o Brasil de Pelotas. Um time que joga de forma reativa (espera a ação do adversário para agir).  Como será o desempenho do Coritiba?

E aí,  gostou? Dê o seu feedback!

@Andre_frehse

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s