PRÉ JOGO DE VASCO X ATLÉTICO MG

Por Ricardo Leite

Vai começar o Brasileirão!

Sem dúvidas, um campeonato disputadíssimo e dificílimo, onde regularidade e elenco equilibrado são os diferenciais para os times alcançarem seus objetivos.

O Vasco estreia diante do Atlético-MG do jovem treinador Thiago Larghi. Apesar de uma grande partida no primeiro confronto da final contra o Cruzeiro no Campeonato Mineiro, o Galo vem de duas derrotas impactantes. Perdeu o titulo mineiro na partida de volta e também foi derrotado para o time misto do San Lorenzo pela Sul-americana.

O retrospecto do Vasco em estreias nesse formato de campeonato é mediano, com 5 vitórias, 5 derrotas, além de 2 empates.

Desde 2006 essas equipes se enfrentaram oito vezes com mando vascaíno, e o time mineiro saiu vitorioso apenas uma vez. Foram 4 vitórias do Vasco e 3 empates.

O Galo vem se destacando com o crescimento de produção do Otero e do Cazares. Seja na bola parada ou nas triangulações com os jogadores de frente. Luan reconquistou sua vaga na equipe titular e Ricardo Oliveira parece estar entrosando e tem aumentando a frequência dos seus gols.

O galo, é uma equipe veloz que faz muito bem a transição ofensiva, com Elias e Cazares exercendo papéis importantes. Este último inclusive tem atuado mais recuado que na temporada passada, sendo mais participativo na construção inicial das jogadas.

De última hora o volante Adilson sentiu dores e não viajou com a delegação para o Rio. Arouca é o principal candidato à vaga. Larghi ainda não confirmou a equipe mas deve manter o 4-3-3 com a bola e se defendendo com duas linhas de 4, com Arouca entre elas.

O Vasco deve adotar duas linhas de 4 defendendo, com o meia central (Wagner), avançando e fazendo companhia par Riascos. Coma bola, o 4-2-3-1 deve ser mantido e Rildo devera voltar à equipe após suspensão/contusão. Na zaga Werley deve atuar no lado esquerdo, compondo o miolo com Paulão. Ele entra na vaga de Erazo, vetado por forças contratuais (possui vínculo com o Atlético).

Para o campeonato é possível prever algo positivo para o Vasco. Principalmente por dois motivos. 1°: Manutenção de um bom trabalho (e que esta em evolução) com Zé Ricardo. 2°: Volta de jogadores importantes para o elenco estão próximas. Breno, Ramon e Giovani Augusto são alguns potenciais titulares que estão na transição do DM para o campo.

Para a sequência da temporada existem alguns jogadores que são cercados de alguma expectativa: Ricardo Graça, Bruno Silva, Thiago Galhardo e Lucas Perdomo (jovem canhoto vindo do Boavista). Nas categorias de base, também existem dois jogadores com muito destaque: Marrony e Lucas Santos estão sobrando no Sub-20 e podem pintar no grupo principal durante o ano.

As principais carências do elenco são a lateral direita, as poucas e incertas opções de segundos volantes. Além é claro de um camisa 9.

No meio, Wagner, Evander, Giovanni Augusto e Galhardo devem disputar a vaga de titular (esses jogadores podem até opcupar duas vaga entre os 11 iniciais). E se nenhum deles pode ser classificado como um craque, são opções interessantes e que podem ajudar o Vasco na competição.

CHUTE DO ANALISTA

Palpite do @analisevasco é que o Gigante da Colina termina a temporada na 8° colocação. E você?

@analisevasco

Anúncios