ANÁLISE PÓS-JOGOs: SANTOS x REAL GARCILASO e CORINTHIANS

Por Daniel Lima

O Santos FC fez a sua estreia na copa libertadores na última quinta-feira, sendo derrotado pelo Real Garcilaso, como não podia ser diferente, o resultado do jogo trouxe consequências para o duelo seguinte que seria contra o seu maior rival, Corinthians, Jair não poupou críticas ao time e, para a surpresa de todos, adiantou que não existe jogador intocável, portanto qualquer um é substituível, e Renato foi o primeiro titular a ser sacado do time, com outros atletas pedindo passagem.

sant 1Time que enfrentou o Real Garcilaso. Feito com TacticalPad.
san 2Time que enfrentou o Corinthians, já com mudanças. Feito com TacticalPad

Para o jogo contra o Real Garcilaso, Jair levou um time base formado por: Vanderlei, D.Braz, L. Veríssimo, D.Guedes,J. Mota, Alison, Vecchio, Renato, Copete , Sasha e Gabigol. O time contou, portanto, com a sua formação ideal ideal até aquele momento, pois a atuação foi tão fraca que serviu para queimar muitos jogadores, é claro que não podemos nos esquecer da altitude (3.400 m.), mas jogadores do porte de Renato, Vecchio e Copete, deveram muito. O Santos FC contou com uma posse de 55,3% no primeiro tempo e trocou 260 passes certos, mas chutou apenas uma vez, bem pouco, no segundo tempo a posse aumentou para 57 %, mas com menor circulação de bola, 231 passes certos, não teve uma finalização certa sequer, volume de jogo bem pobre, muita circulação de posse entre zagueiros também, outro dado interessante é a total ausência de dribles, o Santos não deu um drible sequer no jogo inteiro.

san 3Drible de Rodrygo em dois jogadores do Corinthianas, faltou esse recurso foi zero. Foto: Globo.

No jogo da Libertadores, o time apresentou algumas deficiências que foram muito bem aproveitadas pelo rival, e depois pelos Corintianos, a pouca proteção de sua defesa, a recomposição lenta, no jogo inteirinho os peruanos arriscaram chutes de média ou longa distância, foi um gol sofrido assim contra o Real e voltou a se repetir contra o Corinthians.

san 4Muito espaço para a batida em gol do adversário, gol do Real. Foto: Fox Sports.
san 5E isso voltou a se repetir contra o Corinthians, mais um gol. Foto: Globo.

Outro aspecto importante a ser analisado é a bola parada, como o Santos marca individualmente, os adversários estão a todo momento tentando persuadir a ação da defesa, muitas bolas nas costas com o movimento de desmarque do adversário.

san 6Jogador do Real procura o segundo pau e se livra facilmente da marcação. Foto: Fox Sports.
san 8E isso vai ser repetido contra o Corinthians, adversário sempre aproveitando as falhas da marcação individual do peixe. Foto: Globo.

A lateral esquerda continua sendo um problema, Jean Mota comete alguns erros defensivos por não ser natural da posição, permitiu algumas invasões no setor.

san 9Erro grave de Jean Mota ao não marcar o homem e sim a bola. Foto: Fox Sports.

A lição que Jair pode tirar dos dois jogos foi algumas respostas que o time deu com as muitas mudanças, contra o Corinthians o time manteve a posse de bola desde o primeiro tempo (51,6% e 55,4% no segundo) embora a troca de passes certos tenha caído, (189 e 179 no segundo) evidencia-se que o jogo foi mais vertical com mais finalizações, no segundo tempo foram nove, encurralando o Corinthians, que deu mais de vinte rebatidas por tempo jogado. A marca ruim fica pela concentração de posse entre os defensores, falta apoio dos meias. Para criar jogadas o time aposta sobretudo nos lançamentos e cruzamentos, foi assim que conseguiu fazer gol no Corinthians, o time cruzou incríveis 26 vezes só no segundo tempo, e fez 26 tentativas de lançamentos no mesmo tempo, é um time que tenta ser vertical, com uma média de passes baixa.

san 10Alison faz lançamento na pequena área, movimento repetido muitas vezes, já que o Corinthians vai mal na bola aérea. Foto: Globo.
san 11Time posicionado no 4-1-4-1 sem a bola, esquema não tem mudado, apenas as peças. Foto: Globo

 

@ElDaniLima

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s