SOFTWARES E APLICATIVOS DE ANÁLISE DE DESEMPENHO – PARTE I

Por Luiz Doering

“Nem tudo que conta pode ser contado, nem tudo que pode ser contado conta” EINSTEIN, Albert.

 O analista de desempenho que atua no futebol nos dias de hoje precisa caminhar de mãos dadas com algumas ferramentas de análise que são vitais para a boa realização do trabalho. Estamos falando dos softwares de análise e dos aplicativos de apoio que todo analista precisa conhecer e saber utilizar.

Sabe-se que o olho humano só consegue captar algo em torno de 30% de todas as ações existentes em uma partida de futebol. Além disso, temos o costume de observar apenas a região onde está a bola, ignorando todo o resto que ocorre em outras áreas do campo de jogo. Por fim, nossa mente é seletiva e guarda apenas os lances que julgamos mais importantes (gols, dribles, jogadas perigosas), ignorando quase que por completo uma infinidade de momentos da partida que, a uma primeira vista, parecem menos importantes (passes laterais, movimentações, desarmes, rebatidas).

Para ultrapassar essa limitação humana o esporte recorreu ao computador, que é capaz de armazenar todos os eventos da partida e fornecer uma infinidade de dados, que nada mais são do que uma representação (numérica, posicional, percentual) de um fato que ocorreu na partida.

IMPORTANTE: Os dados analisados de modo cru, sem que sejam colocados dentro de um contexto, não nos levam a lugar algum!

Esses dados precisam ser organizados e interpretados, e é aí que entra o analista de desempenho, já que os computadores ainda não substituem a capacidade cognitiva de um ser humano. Essa interpretação que o analista de desempenho faz dos dados é o que chamamos de conhecimento, e é isso que pode impactar o desempenho de uma equipe de modo decisivo! A partir desse conhecimento será possível traçar planos de treino personalizados para aprimorar determinada característica de um jogador ou criar armadilhas para enfrentar determinadas equipes.

A máquina nos entrega apenas as ferramentas. O bom uso dessa ferramenta ainda depende do trabalho dos analistas, havendo infinitas formas (inclusive formas opostas) de interpretar os mesmos dados.

Dito isso, faremos um resumo das principais ferramentas disponíveis para analistas no mercado.

Softwares

InStat Scout: De origem russa, o InStat Scout é hoje um dos softwares mais utilizados no mundo, fornecendo seus serviços para diversos clubes e seleções de todos os cantos do planeta. Extremamente completo, o InStat oferece aos seus clientes uma base de dados de mais de 400.000 atletas espalhados pelo mundo. Dentre os dados listados, temos percentuais de passes e chutes, vitórias no jogo aéreo, média de interceptações por partida, mapas de calor… Como se percebe, o analista tem acesso a uma longa lista de ações quantificáveis dentro de uma partida de futebol, tornando suas possiblidades de análise quase infinitas!

instat 1

Além disso, o software traz ainda a possibilidade de se observar vídeos específicos, separados por tipo de jogada, por jogador ou por equipe, entregando aos seus clientes, por exemplo, todos os escanteios do seu próximo adversário nas últimas 20 partidas, o que poderá mostrar ao treinador o modo como o próximo adversário se porta nesse tipo de jogada. Além disso, é possível editar imagens dentro do próprio programa, criando um efeito visual que facilita a compreensão do grupo de atletas sobre determinadas situações a que devem estar atentos, por exemplo.

O sistema russo lançou recentemente o modelo 2D, onde uma câmera especial é instalada no estádio e o jogo é integralmente transformado para um plano de duas dimensões, possibilitando ao analista um leque incrível de possibilidades de análise, tais como observar a amplitude e a profundidade da equipe, saber a velocidade que os jogadores atingiram em determinadas jogadas, a distância média entre os atletas em campo.

Mas nem tudo são rosas. Infelizmente os planos de assinatura do InStat são bastante caros e a inexistência de um plano mais acessível para agentes autônomos torna a ferreamente quase que exclusiva para grandes players desse mercado, como clubes e seleções.

Comenta-se que a empresa estaria desenvolvendo um plano mais acessível, para atrair uma fatia importante desse mercado, que seriam observadores e analistas não vinculados a clubes, bem como jornalistas e agentes.

Trata-se, sem dúvida, de uma das melhores ferramentas disponíveis no mercado. Sua base de dados é excelente e extremamente confiável e o modelo 2D estende ainda mais as possiblidades de análise, mas ainda é uma ferramenta pouco acessível, em especial para o mercado brasileiro.

Wyscout: Criado em 2004, o software de análise italiano Wyscout é outro sistema amplamente utilizado por diversos clubes do mundo, como Juventus, Borussia Dortmund e Real Madrid. Rivalizando de perto com o InStat, o Wyscout também possui uma vasta base de dados estatísticos sobre aproximadamente 460 mil atletas.

O grande destaque do software fica por conta da excelente base de vídeos. São aproximadamente 1.800 partidas por semana catalogadas em vídeos e divididos por lances específicos, fazendo com que seja possível assistir apenas os passes chaves feitos pelo Neymar na última partida, por exemplo.

soft 1Assim como o InStat, o Wyscout também possui uma área interna dedicada a edição de vídeos, criando marcações visuais para facilitar a compreensão do material compilado. Também é possível na própria ferramenta separar um frame específico do vídeo para transformá-lo em uma foto, se for do interesse do analista.

soft 2

O sistema ainda apresenta outras funcionalidades, como a busca avançada (que permite criar filtros específicos de busca para atletas com base em seus números) e uma área onde é possível escrever relatórios de atletas para acervo pessoal ou para compartilhar com mais pessoas.

Se a base de dados estatísticos do InStat parece mais consistente enquanto que a sessão de vídeos do Wyscout parece mais completa, o grande destaque do sistema italiano fica por conta dos planos de assinatura.

É possível assinar o pacote básico da plataforma por apenas 10 euros mensais, o que torna a ferramenta muito mais acessível para ser utilizada por agentes autônomos ou por aqueles que estão iniciando na área e querem experimentar. Claro que o plano básico conta com algumas limitações e não possui todas as funcionalidades da ferramenta ativas, mas é um bom ponto de partida para quem está iniciando e quer conhecer melhor a ferramenta.

Vale destacar ainda a existência de planos distintos para diferentes players: planos com enfoque maior em vídeos para jogadores e árbitros, com enfoque maior em análises de partidas para treinadores e até um plano direcionado para agentes de atletas que possui um aplicativo especial de negociações e mercado.

Trata-se de uma excelente ferramenta, especialmente para analistas iniciantes, que pretendem fazer alguns testes e começar a incursionar pelo ainda pouco acessível mundo das análises esportivas.

Footstats Premium: Antes de começar a falar sobre as funcionalidades do Footstats Premium, cabe um breve comentário: apesar do nome, trata-se de um software 100% brasileiro, desenvolvido por brasileiros e para brasileiros! O Footstats lançou sua plataforma (Footstats Premium) há pouco tempo, mas já conquistou uma fatia importante do mercado nacional.

A ferramenta brazuca traz dados estatísticos das principais competições disputadas pelas equipes brasileiras (Série A, Série B, Paulista, Carioca, Mineiro, Gaúcho, Libertadores e Sul-Americana) e o melhor de tudo: em tempo real. É possível acompanhar dados como percentual de passes certos, zona das finalizações e mapas de calor quase que simultaneamente com a partida pela televisão.

foots 1

Eu considero uma ferramenta indispensável para quem lida com o futebol brasileiro, especialmente para quem comenta jogos ao vivo na televisão ou no rádio. Trata-se de uma ferramenta que traz um número incrível de informações em tempo real que podem enriquecer qualquer tipo de transmissão, levando ao consumidor final um material de qualidade. Além disso, por ser brasileiro, toda ferramenta é em português, o que facilita para aqueles que eventualmente não dominam o inglês, linguagem padrão dos outros softwares.

foots 2

Outro ponto positivo fica por conta do custo, que fica em R$29,90 por mês. Como o valor é na moeda brasileira, o custo fica bem mais acessível em relação aos seus primos europeus, já que o valor lá é cobrado em euros.

De negativo fica a inexistência de um banco de dados de vídeos, que limita toda e qualquer análise aos números estatísticos, ou seja, uma análise puramente quantitativa. Outro ponto que deixa a desejar é a falta de base de dados de equipes menores, mesmo nos estaduais que contam com a cobertura do sistema. A análise completa acaba ficando limitada apenas ás séries A e B do Brasileirão.

Cabe ressaltar, porém, que se trata de uma ferramenta bastante nova, o que justifica os problemas supracitados. Acredito que com o decorrer do tempo e com o crescimento da empresa, o software deverá ser atualizado para entregar cada vez mais dados aos seus consumidores.

Nota: No Twitter a Footstats já anuncia que algumas atualizações importantes serão feitas no sistema, que contará com Expectativa de Gols e até medidor de estamina a partir de abril. É uma ferramenta em franco crescimento que merece a atenção e o carinho de todos analistas brasileiros.

Aguarde o próximo texto que falaremos sobre aplicativos!

@lfmdoering

 

Um comentário sobre “SOFTWARES E APLICATIVOS DE ANÁLISE DE DESEMPENHO – PARTE I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s