ANÁLISE TÁTICA: O PRIMEIRO TEMPO DE ATLÉTICO-PR x TUBARÃO

Por Andre Frehse Ribas

Em um jogo de nove gols, o Atlético Paranaense superou o Tubarão-SC por 5 a 4 e avançou à terceira fase da Copa do Brasil. O segundo tempo foi eletrizante, um verdadeiro teste para cardíaco. Mas, hoje, vamos focar no primeiro tempo do jogo. Como assim? Nove gols na segunda etapa e você quer falar do primeiro tempo? Sim, e vou te explicar o porquê.

Foi na primeira etapa que o Atlético conseguiu executar muito bem as propostas do técnico Fernando Diniz: intensidade, ocupação dos espaços, ritmo de jogo, troca de posições, triangulações, e o principal, as infiltrações. O rubro-negro jogou um futebol envolvente e sem dar grandes chances para o adversário. A única coisa que faltou foi a última bola: o momento que você precisa definir a jogada. Então, vamos lá!

O Atlético repetiu o mesmo esquema que usou contra o Caxias. Três zagueiros, quatro meias e três atacantes, com as linhas médias/altas (marcação no meio campo e campo do adversário) e com seus pontas dando amplitude (ou seja, abrindo o espaço lateral do campo) em boa parte do jogo. O rubro-negro procurava trabalhar a bola com passes curtos e triangulações, sempre procurando o ataque. Ao receber a bola, o jogador tinha pelo menos duas/três linhas de passe, com liberdade e com espaço para criar.

cap1

No setor defensivo o Atlético foi eficiente na primeira etapa. O Tubarão pouco fez, chegou apenas uma vez com perigo, mas sem conseguir finalizar ao gol. Assim como no primeiro jogo sob comando de Diniz, o rubro-negro, quando recuperava a bola, procurava tirar ela da zona de pressão, sem dar chances para o Tubarão recuperar a bola.

Números do primeiro tempo

Foi no primeiro tempo que o Atlético conseguiu colocar o seu jogo em prática, e alguns números representam essa superioridade do time da casa. O time rubro-negro trocou 435 passes, errou apenas 42, com 90% de precisão. Além disso, o time teve 73% de posse de bola. O Atlético finalizou 15 vezes, sendo cinco em direção do gol.

O cara do primeiro tempo foi o meia Guilherme, responsável por dar passes que quebraram as linhas de defesa do adversário e chutes perigosos ao gol. Fica fácil de infiltrar quando se tem um cara como Guilherme distribuindo passes.

** Números Instat.

cap 2

Guilherme foi o cara do primeiro tempo.

Troca de posições

Uma coisa que me chamou muita atenção nesse jogo foi a troca de posições, que acontece quando dois jogadores ocupam a posição um do outro. Essas trocas são importantes na ocupação dos espaços e também no momento ofensivo e defensivo da equipe, sendo de extrema importância o entendimento dos jogadores que realizam essa troca, que acontecem apenas em alguns momentos do jogo, como você pode ver nas imagens abaixo.

cap 3

Wanderson troca de posição com Jonathan.

cap 4

Rossetto troca de posição com Carleto.

Triangulações

Foi no lado direito que o Furacão criou suas principais chances na primeira etapa. Com a participação de Thiago Heleno no momento ofensivo, o rubro-negro formava um triângulo com: Thiago Heleno (Rossetto), Carleto e Guilherme (Rossetto). Com isso, o Atlético criava a possibilidade de realizar triangulações por esse lado. Repare que isso não acontece apenas por esse lado do campo. Note, na imagem, que esse é o posicionamento padrão do time de Fernando Diniz. É dessa forma que o Atlético procura ocupar os espaços no campo.

Infiltrações/penetrações

Com o time mais entrosado, o Atlético conseguiu realizar passes-chave e infiltrações com maior facilidade. As principais chances do rubro-negro no primeiro tempo foram criadas através de passes verticais que quebram linhas, e infiltrações nas costas da marcação adversária.

Guilherme foi o jogador responsável por realizar esses passes na primeira etapa. Note que assim que ele recebe a bola, um jogador já se posiciona para se infiltrar na linha de marcação do Tubarão. E não são só penetrações individuais, são penetrações coletivas também.

cap 7

Observe que os três jogadores procuram a infiltração. É uma ação coletiva, pré-treinada.

Neste outro lance, repare o posicionamento de Jonathan. É um movimento comum no time de Diniz. O jogador que está do lado oposto da bola sempre procura a infiltração nas costas do adversário. Desta forma, Guilherme já sabe que, se cruzar a bola naquele lugar, algum jogador vai estar por lá tentando furar a zaga adversária.

cap 8

Jogador do lado oposto da bola sempre busca a infiltração nas costas do adversário.

E foi através das infiltrações que o Atlético atacou o Tubarão. Movimentação precisa, passe perfeito e um entrosamento absurdo entre o passador e o jogador que vai penetrar na marcação. É como se fosse uma dança, se o seu par não te acompanha você não consegue dançar. Um depende do outro para sair tudo perfeito, e só não foi perfeito por que o Atlético falhou na finalização. Ribamar e Guilherme tiveram as principais chances do Rubro-negro, mas não aproveitaram. Ribamar, que não foi bem contra o Caxias, novamente voltou a falhar na hora de decidir o lance. Criar é importante, mas ter alguém que finalize suas jogadas é muito importante também.

Para o jogo contra o Ceará, Bergson deve ganhar uma oportunidade no time titular do Atlético. Com isso, Ribamar deve começar o jogo no banco de reservas.

SISTEMA DEFENSIVO

O Atlético sofreu pouco na primeira etapa. Com um setor defensivo bem organizado, o Furacão dificultou as ações do Tubarão. Carleto e Jonathan, que não foram muito bem contra o Caxias, fizeram um grande primeiro tempo. Nas ações defensivas, os dois foram seguros, conseguiram atacar e recompor com facilidade a última linha defensiva e foram eficientes no 1×1 (mano a mano). Thiago Heleno, Wanderson e Paulo André foram bem, não comprometeram o setor, além de Thiago Heleno e Wanderson terem participado bastante nas ações ofensivas.

Na segunda etapa foi diferente, com erros na bola aérea e no 1 x1. Mas isso é assunto para outro dia.

Gostou da análise? Dê o seu feedback.

Aqui #aprendemosjuntos

@Andre_Frehse

Um comentário sobre “ANÁLISE TÁTICA: O PRIMEIRO TEMPO DE ATLÉTICO-PR x TUBARÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s